quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Lamento...


Essa semana, ao chegar do ensaio, horário avançado, por volta da meia-noite, estava no portão de casa a conversar com o tecladista da banda, quando um garoto de bicicleta apareceu e parou perto da gente perguntando:
- Tia, a senhora conhece os moleques da Vila?
Eu respondi:
- Que moleques? Sabe o nome deles ou dos pais?
E o garoto, que aparentava em torno de 15 ou 16 anos, não mais, com um ar agitado, respondeu:
- Não, tia, os garotos que vendem drogas...
Essa frase tomou meu coração de sobressalto!
- Não, filho, não sei, não...
Foi a única coisa que consegui responder!
Fiquei em estado de choque!
O garoto então, meio constrangido disse:
- Tá bom, tia, obrigado e desculpe incomodar!
E foi embora...
E eu fiquei lá...
Olhei para o meu colega e não sabíamos o que dizer!

Lamento, Meu Deus, por essa vida que pode estar envolvida nas drogas.
Lamento, Senhor, por não ter tido a reação de falar de Seu Filho Jesus, para aquele jovem.
Lamento, Pai, porque o mundo se perde em meio as drogas e aos vícios...
O que é isso, Senhor?
O que é isso?
Algo tão pequeno que domina as vidas dos Seus filhos e que nos deixa estarrecidos.
Senhor, eu lamento!
E peço, Senhor Deus, por todos os jovens, crianças, adultos, idosos envolvidos nas drogas, escravos dos vícios, para que eles possam ser libertos e tenham uma vida plena e abundante no Teu amor.


E vai uma pequena mensagem aos pais. Algo que já havia lido há um bom tempo, mas que retornou aos meus olhos no dia de hoje. Fala sobre a delinquência, mas acredito que pode ser tomada de foma geral:

"Certa vez a polícia americana publicou nos jornais 10 normas para que você consiga fazer de seu filho um delinquente. Aqui publicamos as normas mas com o seguinte pedido, não façam nenhuma destas coisas, você vai realmente correr o risco de fazer aquele que Deus confiou a você um pequeno bandido.
1 - Comece bem cedo, durante a infância, dê a seu filho tudo que ele quiser. Dessa forma, quando crescer, vai achar que o mundo tem a obrigação de lhe dar tudo que deseja;
2 - Sempre que ele disser um palavrão ou qualquer outro nome feio ache bastante graça. Assim ele vai acreditar que estas palavras são bastante interessantes;
3 - Nunca dê a seu filho orientação religiosa. Espere ele ter consciência para escolher por si mesmo;
(considero o mais perigoso!)
4 - Apanhe tudo que ele deixar jogado, seus brinquedos, livros, sapatos e toalhas. Dessa forma você irá ensiná-lo a jogar a responsabilidade sobre os outros;
5 - Sempre que forem discutir, façam isto na frente de seu filho para que ele não se espante quando vocês se separarem;
6 - Sempre de a ele todo dinheiro que ele pedir;
7 - Satisfaça todos os seus caprichos de comida, bebida, roupas e brinquedos. "Negar pode acarretar frustrações irremediáveis";
8 - Sempre defenda-o tomando partido contra os vizinhos, colegas, especialmente professores e policiais. "Todos eles têm má vontade com seu filho";
9 - Quando ele estiver com algum problema sério dê esta desculpa: "Nunca fui capaz de dominá-lo".
10 - Prepare-se para uma vida de desgosto.

É seguindo estas normas que seu amado filho vira um delinquente e futuramente um bandido! "

Um comentário:

Mari disse...

Vim desejar para vc um maravilhoso Domingo. PArabéns pelos textos, o blog está lindinho. beijossssssss