sábado, 30 de agosto de 2008

Ave Maria, Cheia de Graça!
O Senhor é convosco!
Bendita sois vós entre as mulheres.
Bendito é o fruto do vosso ventre: Jesus!
Santa Maria, Mãe de Deus,
Rogai por nós pecadores,
Agora e na hora de nossa morte.
Amém!

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Filho - Banda Rezza


O Senhor nos quer perto d´Ele... Basta abrir o coração e estender a mão...

video

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Lembremos sempre...


Não ajunteis para vós tesouros na terra, onde a ferrugem e as traças corroem, onde os ladrões furtam e roubam. Ajuntai para vós tesouros no céu, onde não os consomem nem as traças nem a ferrugem, e os ladrões não furtam nem roubam. Porque onde está o teu tesouro, lá também está teu coração.

Mateus 6, 19-21


Boa Noite, Jesus!
Pra dizer a verdade, bom dia, boa tarde, boa noite...
Palavras simples, mas que sempre esqueço de lhe dizer...
Às vezes, um bom dia, entre os bocejos...
De repente, um olá vespertino...
Quando o sono não bate antes, um boa noite...
Tu bem me conheces, e sabes como sou esquecida... Displicente...
Mas Tu, Senhor, também sabes que Te Amo e que ao longo do dia sempre tenho a Ti em meus pensamentos... Só esqueço dessas palavrinhas...
Mas, Jesus... Espero nunca me esquecer de estar perto de Ti...
Para que, quando me lembrar possa sempre dizer: Bom Dia! Boa Tarde! Boa Noite! Meu Amado...

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Exortação em canção...

Olhos no Espelho
Adriana e Cosme

Composição: João Alexandre


Teus olhos no espelho
Por fora um herói
Por dentro um ladrão


Só resta em você
Nos poucos amigos
Motivos em vão

Viu
Desacreditado
Num mundo
Queimado
Por ser o que é

Vai
Tão longe do Pai
Pensando e chorando
Sua falta de fé

Sai dessa revolta, pensa e volta
Quebra os teus grilhões
Deus tem vida plena, vale a pena
Retornar e ver

Ver o amor antigo, o abraço amigo
A festa começar
Pois arrependido
Mais um filho volta ao lar

Evangelho (Mateus 24,42-51)

Quinta-Feira, 28 de Agosto de 2008
Santo Agostinho

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 42"Ficai atentos! porque não sabeis em que dia virá o Senhor. 43Compreendei bem isso: se o dono da casa soubesse a que horas viria o ladrão, certamente vigiaria e não deixaria que a sua casa fosse arrombada.
44Por isso, também vós ficai preparados! Porque na hora em que menos pensais, o Filho do Homem virá. 45Qual é o empregado fiel e prudente, que o senhor colocou como responsável pelos demais empregados, para lhes dar alimento na hora certa? 46Feliz o empregado, cujo senhor o encontrar agindo assim, quando voltar.
47Em verdade vos digo, ele lhe confiará a administração de todos os seus bens. 48Mas, se o empregado mau pensar: 'Meu senhor está demorando', 49e começar a bater nos companheiros, a comer e a beber com os bêbados; 50então o senhor desse empregado virá no dia em que ele não espera, e na hora que ele não sabe. 51Ele o partirá ao meio e lhe imporá a sorte dos hipócritas. Ali haverá choro e ranger de dentes".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.



Comentário:
O que é para nós a espera pelo Senhor? A vinda do Senhor inspira em nós que sentimento? Sabemos nos submeter ao tempo de Deus? Como o Senhor me encontrará? Alertar o nosso coração e as nossas atitudes quanto a vinda do Senhor é ficarmos atentos aos seus mandamentos. É obedecermos dia após dia o que nos manda o Senhor: Ficai atentos! Sede santos! Somente a busca pela santidade nos manterá no caminho certo que conduz ao Pai. Ficar atentos é observar em cada minuto de nossas vidas as armadas do inimigo que busca nos perder... Se mantivermos a retidão de nossos caminhos com um só objetivo: chegar a Deus, estaremos prontos no dia da vinda do Senhor! Orar sem cessar! Obedecer sem questionar! Vigiar a todo tempo! Eis aqui o que podemos fazer... Eis o que nos pede o Senhor! Amados irmãos, que Deus Nosso Senhor lhes conceda força para enfrentarem os obstáculos do caminho e discernimento para se reconhecerem pequenos e necessitados de Sua ajuda, para trilhar essa estrada!

domingo, 24 de agosto de 2008

Pão da Vida


Oh, quão doce é o sabor de receber-Te, Senhor!
Que alegria invade o meu coração em tê-Lo junto de mim!
Quantas graças derramadas nesta comunhão!
Quanto amor expressado, por essa entrega!

Tu se faz pequeno para em mim habitar.
Se fazendo grande novamente e tomando o meu ser.
Trazendo a santidade para a minha vida.
Me amando, me buscando, me curando...

Alimento da alma,
Alimento do corpo,
Alimento de toda a vida!


Obrigado, Meu Senhor... Obrigado, Meu Jesus!

Posse como Ministra Extraordinária da Sagrada Eucaristia

Dia 27/07/2008

Senhor, eu não mereço, mas aceito de todo o coração...

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

De novo... Mas o Senhor está cuidando de mim!

domingo, 17 de agosto de 2008

Os Pilares da Igreja:


São Pedro Apóstolo Cristo, para conquistar seu Reino, escolheu doze homens honrados, religiosos sinceros, exceto o traidor, e com essa dúzia de homens selecionados espalhou a fé cristã pela Terra toda.
Logo de início, o Senhor Jesus escolheu entre os selecionados, dois homens dignos de respeito e de amor a Deus - Simão e Saulo.
E para começar o gigantesco trabalho de propagar a fé em Cristo Jesus, o Mestre trocou os nomes desses dois preferidos. Simão passou a chamar-se Pedro e Saulo, Paulo.
E com seus nomes trocados, receberam do Senhor Jesus a missão:
Pedro seria o pastor supremo e Paulo o apóstolo dos gentios ou pagãos.
Para cumprir suas missões, os dois apóstolos descobriram a grande lição inscrita no segredo da história: para vencer, a verdade necessita de sangue. Por isso declarou São Paulo: "Mas não considero preciosa a minha própria vida, contanto, que leve a bom termo minha carreira e cumpra o ministério que recebi do Senhor Jesus" (At 20, 24). O mesmo teria dito São Pedro com outras palavras.
Os dois apóstolos comprovaram com seu sangue a doutrina que pregavam, tornando-se as duas colunas da Igreja.
São Paulo foi decapitado na via que leva a Óstia, conforme o privilégio que o "jus civitatis" (cidadania romana) lhe reconhecia.
São Pedro, príncipe dos Apóstolos, teria sido executado no mesmo dia sobre uma cruz, que era o suplício servil, por ser um judeu indigente.
São Paulo Apóstolo Humildemente pediu ele para ser crucificado de cabeça para baixo para não ser morto como seu Mestre.
Essas são as duas colunas da Igreja, que nos garantem a doutrina e a prática cristã até nossos dias, através da história.
Por isso nossa Igreja é chamada de católica e apostólica.
A doutrina e a ação cristãs pregadas e vividas pelos Apóstolos se tornaram a legitimidade de nossa Igreja.
Os trapistas de Três Fontes, entre plantas viçosas e eucaliptos, velam pelo lugar onde correu o sangue de São Paulo.
Os restos mortais de São Pedro foram descobertos e hoje repousam debaixo do altar da Igreja de São Pedro, em Roma. Por isso nossa Igreja se chama também Apostólica Romana.
A dupla apostólica, Pedro e Paulo, pregaram e viveram o "cristianismo que não é uma filosofia nem uma sabedoria 'discursiva', mas é um fato que transcende toda a lógica e cuja realidade se inscreve no próprio coração do homem".
São Pedro nos afirma: "não foi seguindo fábulas sutis, mas por termos sido testemunhas oculares da sua majestade, que lhes demos a conhecer o poder e a vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo" (2Pd1,16).
A linhagem da Igreja Católica Apostólica Romana remonta ininterruptamente até os Apóstolos. Assim se prova sua legitimidade na descendência de Cristo por meio dos Apóstolos.

Assuero Quadri Prestes

Fonte: http://www.diocesefranca.org.br/boletim/jun2002/bd-capa3.html

Oração do Servo


Senhor, peço a Ti que não permita que me contamine com as vaidades do mundo.
Quero trabalhar com meus irmãos somente por amor a Ti, meu Pai, e por amor a eles, sem me preocupar com o olhar, pensamento, admiração, julgamento, críticas e qualquer manifestação, em relação ao que faço por Ti, Senhor.
Dai-me ver apenas o que é necessário que eu veja para o meu crescimento.
Consola-me quando não conseguir me desvencilhar das armadilhas do mundo.
Ampara-me quando tropeçar.
Ama-me, pois sem Teu amor, nada sou.
Toma meu coração, todo o meu ser, enfim, toma minha vida como Teu instrumento e usá-a conforme a Tua vontade.
Amém!

Ao Amor da Mãe



Ave Maria - Franz Schubert

Ave Maria Gratia plena
Maria Gratia plena
Maria Gratia plena
Ave, ave dominus
Dominus tecum
Benedicta tu in mulieribus
Et benedictus
Et benedictus fructus ventris
Ventris tui Jesus
Ave Maria
Ave Maria Mater dei
Ora pro nobis pecatoribus
Ora, ora pro nobis
Ora ora pro nobis pecatoribus
Nunc et in hora mortis
In hora mortis nostrae
In hora mortis, mortis nostrae
In hora mortis nostrae
Ave Maria

A Bíblia


Livro sagrado,
Vem consolar-me,
Vem saciar-me
Na minha dor.
Meu peito ansiado
De ti carece,
Sem ti falece
O meu vigor.

A ti recorro
Triste e sedento,
Que este tormento
Me faz gemer.
Dá-me socorro
No mal extremo,
Vem, senão temo
À dor ceder.

Cada palavra,
Que me vás dando,
É qual um brando,
Suave mel.
Já em mim lavra
A paz do empíreo;
Do meu martírio
Se adoça o fel.

Gonçalves de Magalhães
Fonte: http://minhas-preces.blogspot.com/search?updated-max=2008-07-25T09%3A53%3A00-07%3A00&max-results=3

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Festa da Padroeira de Cubatão


Foto: elaborada por servos Comunidade da Fabril - Igreja Nossa Senhora da Lapa.