quinta-feira, 19 de junho de 2008

“Eis que eu estarei convosco todos os dias, até o fim do mundo.” Mt 28,20.



Que grande alegria nos traz essa promessa!

Jesus não nos prometeu fortuna, nem ascenção à altos cargos, nem prósperos negócios!

Ele, apresentando-nos a maior fortuna que podemos encontrar, nos apresentou a Si próprio, para que possamos desfrutar de Sua presença, todos os dias... Até o fim do mundo!

Até o fim do mundo; não é até o final de sua paciência, ou até o final de nosso curso superior!

É algo mais! É tudo! É sempre!

Sua presença se faz real em todos os altares do mundo inteiro, ao longo de todos os dias. Em algum momento, agora, a recordação do sacrifício do Cordeiro consagra a presença de Jesus em nosso meio.

"Eis que estarei..." - não nos direciona um local específico, mas incisivamente afirma e promete.

"... convosco..." - não exclui nenhum dos seus filhos, onipresente, Ele nos dá sua atenção de forma igual.

"... todos os dias..." - três palavras que deveriam povoar nossos pensamentos e atitudes por toda nossa vida. De segunda a segunda, Jesus não descansa. Incansavelmente Ele nos acompanha, nos ampara, nos protege...

"... até o fim do mundo." - o fim do mundo, não é de nosso conhecimento. É uma verdade que pertence a Deus. E, mesmo lá, Jesus estará conosco.

Diante desta promessa, digo-Vos:

"Jesus, Amado, obrigada por Sua presença em minha vida, cuja existência somente deseja respirar Vosso Amor, transmitidos por Vossos passos na caminhada ao lado desta pecadora. És, Senhor, O Centro de minha vida, cujo início se fez por Sua misericórdia e no fim desejo poder abraçar-Te. Não há, Jesus, caminho mais seguro do que o que é trilhado ao Vosso lado e, assim, Senhor, com a alegria de poder desfrutar de Vossa promessa, entrego-Vos meus passos para caminharem Convosco, sempre! Obrigada por estardes comigo!"

3 comentários:

lino disse...

Olá ! Td bem?
A Paz do Senhor Jesus !
Amei esta pagina uma idéia fabulosa. No momento estou escrevendo uma palestra para um encontro de jovens, usei um pouco do que ha aqui, rsrsrsr
agradeço a DEUS por sua atitude,por ajudar a divulgar nosso DEUS vivo .

Barco à vela que se abandona
Segue o rumo e vai buscando o alto mar
Te adorarei meu Deus enquanto eu existir
Proclamarei as maravilhas que fizeste em mim

Grande abraço do tamanho da vida. DEUS a ilumine hoje e sempre

lino linosjdelrey@bol.com.br

Anônimo disse...

Muito linda esta postagem!
Se me permite apenas uma correção... não é uma recordação o sacrifício do Cordeiro, é a atualização do sacrifício dele, estamos nós lá no calvário com ele. Isto é a missa: Jesus se entrega novamente por nós, numa atitude do amor mais puro e sublime que possa existir, revive todo o sofrimento, toda a dor e nós estamos participando.
Amo ser católica!!

Reninha Catelli disse...

Obrigado pelo comentário "Anônimo"! E, é verdade! Vivemos o sacrifício de Jesus a cada missa... Deus a abençoe!